sexta-feira, 31 de maio de 2013

A solidez do amor.

A solidez do amor é construída. 
Formada na sinceridade, 
respeito e lealdade.
Cuidado e consideração. 
É uma amizade tão profunda que por ela ajeitamos tudo que nos cerca. 
Essa amizade vale a pena.
Aceitar viver de verdade um amor é escolher uma testemunha para sua vida inteira.




Milagre.

Fale menos e faça mais.
Não queira impressionar as pessoas.
Para ser desejado, amado e respeitado
 não é necessário muito "circo".
Para isso é necessário ser inteiro.
Cuide mais do que você ama.
Ama? 
Então proteja, seja cuidadoso e valorize.
Saiba que todo amor traz consigo alguma dor 
e ter algo que ama não quer dizer que não possa perder...
A confiança excessiva traz o descaso, o afastamento e o fim.
Na vida as pessoas são as preciosidades,
o amor um presente de Deus,
e os encontros inexplicáveis um verdadeiro milagre.
E milagre, não se repete!





terça-feira, 28 de maio de 2013

Depois.

Pronto.
Depois das palavras o silêncio.
A ausência.
O afastamento.
Depois do falar,
o pensar,
o avaliar os fatos...
Pronto.
Depois do choro o riso,
o ver que o motivo é tolo e banal.
Que nada vale a novela
que acaba virando
e o baixo astral.
Pronto.
Depois de tudo,
preciso dormir,
andar só,
uma música ouvir.
Dirigir no tumulto do Rio,
encontrar um abrigo,
um amigo a sorrir.
Pronto.
Hoje já é o depois...



Pra amanhã...

O que eu quero para amanhã?
Quero ficar longe da mentira,
da falsidade.
Quero me calar e observar a hipocrisia disfarçada nos olhares.
Quero me ausentar dela.

O que eu quero para amanhã?
Quero ouvir meu coração e ao extremo agir de forma sincera,
para comigo e para com minha vida,
pois sou responsável por mim.
Quero esquecer o que merece ser esquecido,
aprender a pôr de lado o que de lado deve estar,
aprender que as pessoas são como são.

Amanhã quero mais de mim.
Quero admirar a natureza...
As maravilhas ao meu redor.
Respirar o ar da vida 
e não olhar para o que foi
e nunca mais será.
Quero tão somente viver quietamente minha simples vida.


Momentos...

Em alguns momentos a trilha sonora deve ser mudada, 
a rotina deve ser quebrada.
Chegam momentos em que precisamos 
olhar com os olhos do outro 
e entender que cada um dá o que tem,
valoriza o que respeita e assume o que acha importante.
Simples assim.
Somos o que fazemos e não o que falamos.
E não podemos nos impor aos outros.
Temos que mudar a nossa trilha...


domingo, 19 de maio de 2013

Eu oro.

Eu oro por ti.
Minha boca fala na madrugada alçando 
a voz ao céu que creio estar perto de mim.
Aberto.
Com livre acesso.
Eu oro pelo bem,
e as palavras saem sem pensar,
são livres quando o coração começa 
a despejar o que oculto está.
Eu falo com quem ninguém vê,
ouço uma voz,
uma paz,
um lugar me aconchega,
um milagre faz-me melhor... leve.
E um sorriso no canto da boca aparece.
Eu creio em coisas invisíveis, impalpáveis...
Creio em cada simples dia que já se faz um milagre.
Eu oro por ti.



Coração.

E se eu pudesse mandar no coração 
o colocaria no seu devido lugar.
Mas é ele quem me coloca.
Ele quem me provoca.
Ele quem me agonia.
Ele que me inspira.
É ele que força minha razão...
Ah coração, coração...
Pulsa na pele,
pulsa na alma.

Nem saberás que são para ti.

Quero te poemizar amor.
Quero tocar-te com as palavras que nunca lerás.
Nem saberás que são para ti...

Quero te dizer que não posso te dizer tudo.
Que não posso te fazer entender tudo.
Que não posso revelar o que sinto pois 
o que sinto não se revela completo,
não se entrega assim,
se desdobra,
se desvenda,
se entrelaça,
se encaixa.

Quero te dizer que de tudo que digo ainda falta.

Faltam palavras,
faltam...

Quero te dizer que nem sei o que dizer 
quando quero dizer,
até sei,
mas não sei falar,
não sei...

Quero te dizer que você sabe que eu sei,
que eu sei que você sabe,
que nós entendemos 
e sabemos tudo que há entre,
sobre,
pós... cada parte,
e que nada está oculto para nós.

Quero poemizar mas o poema não sai,
codificada fica a rima que não quer rimar,
a palavra que não quer ir,
que pulsa no peito a calar,
na voz [que dentro] está a falar.

Só sei amor,
que nem saberás que são para ti.


Sem título.


Encho meu coração de fé.
De boas energias.
De imagens que desejo ver com os olhos abertos.
Encho meu coração de bons pensamentos,
me ausento de tudo que me faz mal.
Estou abrindo mão dos comentários infelizes 
que canso de escutar,
dos sorrisos mentirosos,
até dos olhares que revelam o peso das almas que ali estão,
até deles distância quero.
Não quero mais percebê-los,
não quero mais recebê-los.
Encho meu coração de tudo que desejo
e do que não desejo ausento o pensamento.
Nada de colocar importância naquilo que não faz bem.
Isso traz mais daquele mal sobre nós.
Devemos pensar bem...
pensamentos realmente viram coisas.

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Recomeço.


Dia de recomeço, de novas oportunidades. Abrace-as!
Necessário for, mude tudo.
 Faça outro caminho, ele existe e está a sua espera.
Tudo em nossa vida é um reflexo das nossas atitudes. 
Dos pensamentos que temos cultivado, 
do que temos valorizado, 
do que temos escolhido como prioridade. 
Temos colhido o que temos plantado. 
Que possamos observar a colheita 
e através dela melhorar nossa semeadura. 
Sempre é tempo. Sempre dá tempo. 
A maioria das pessoas valoriza o que não têm 
e o que elas têm já é uma grande benção. 
Que sejamos melhores.


...é o caminho.

Não deu certo?
Comece de novo.
É fácil falar não é?
Difícil fazer...
Mas tem que ser falado e tem que ser feito. 
Recomece.
Há coisas que devem ser feitas, 
há coisas que devem ser mudadas.
Os mesmos resultados acontecem 
por conta das mesmas ações.
Se renove.
Na maioria das vezes somos nós 
que devemos tomar posições e não tomamos.
Você sabe a verdade?
Não finja não saber.
A verdade liberta.
Cura.
O conhecimento nos faz ver as coisas de forma ampla.
Não sofra por saber, 
se não soubesse seria mais doloroso 
do que poderia imaginar.
Recomece, revigore-se, restaure-se.
Isso pode até não ser rápido, 
mas é saudável,
é necessário,
é o caminho.
Concentre-se em você.
Há coisas que não merecem o desgaste.




quarta-feira, 8 de maio de 2013

Vai, corre.


Vai, corre, não tenha medo.
O tempo voa... foge.
Ele não para, não espera.
Ele entendeu o sentido do seu próprio tempo.
E não o perde.
Vai, não para, 
mesmo quando você para,
ele segue.
O tempo.
E não espera.


sábado, 4 de maio de 2013

Conclusão alterável.

Conclusão alterável:
Pessoas são loucas. Universos complexos. 
Histórias com longas histórias 
criando seus atos.
Pessoas causam dores. 
Causam as piores e melhores coisas ao coração.
Conclusão: 
Pessoas são um mistério revelado pelas atitudes e nem sempre as atitudes revelam seus mistérios.
Pessoas são incríveis e medonhas.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...