domingo, 30 de junho de 2013

Me dê.

Me dê uma letra, 
uma leve e simples leitura.
Me dê um olhar, 
com sinceras palavras a brilhar.
Me dê a verdade, 
seja do tamanho que for,
é o que vale.





Paz.

Paz é a saúde da alma.
Preserve-a!
Ela trará claridade aos seus pensamentos
e firmeza em suas atitudes.




Apenas respire fundo...



Apenas respire fundo e abra os olhos...
Observe.
Agradeça.
Preste atenção no que tem 
e ame de todo o coração sua vida.
Admire suas conquistas.
Olhe-se.
Admire-se.
Apenas tenha gratidão 
e isso trará uma felicidade profunda.
Inexplicável.
Concentre-se no bem que existe em você,
nos seus dias,
em todo o tempo.
Existem tantos motivos para tal fato...
Faça silêncio.
Cale sua voz e liberte sua alma.
Não mantenha-se preso a nada.
Seja livre para pertencer aos seus conceitos,
a sua trilha,
seu caminho,
sua estrada.
Nossa história não tem regras,
nem padrões perfeitos a serem cumpridos.
Então veja que belo caminho tem percorrido.
Desfrute-o.
Não baseie-se no caminho dos outros.
E se por acaso não for belo aos seus olhos internos:
mude-o.
Trace-o.
Siga-se, e seja grato.
Plenitude é praticar o que se acredita 
e ser consciente que está 
no caminho que deve seguir
na construção interna 
e externa de sua própria vida.
Acredite.
Esvazie-se do barulho externo.
Você pode!


O simples...

E quem precisa de uma multidão, 
de milhões de copos e conversa rasa?
É melhor gente única, pouca, 
silêncio e boas palavras. 
O simples é mais.


sábado, 29 de junho de 2013

'Cara' limpa!

Gosto de ter a 'cara' limpa, a consciência tranquila, sem culpa, 
sem nada a esconder, 
sem nada de que me envergonhar.
Gosto de ter claridade na vida e na alma. 
E se não consigo praticar o que falo, não falo. Seria hipocrisia comigo mesma. 
A maior tolice é viver para impressionar os outros, para agradar.
Lugar de atuar é no palco, 
nas telas, nas ruas... 
Na vida: é a "vera".


quarta-feira, 26 de junho de 2013

Agradecimento.

Agradeço por tudo.
Talvez o tudo que agradeço 
não seja o tudo de outros, 
mas agradeço.
Pelo ar, pelo dia,
por acordar e com água gelada 
o rosto banhar.
Agradeço pelo cheiro do café,
pelas risadas,
e pelas lágrimas agradeço,
pelas emoções proporcionadas.
Agradeço pela meditação,
por avaliar e reavaliar a vida,
pelas ausências e chegadas.
Agradeço por crescer nas adversidades,
por desenvolver nos momentos 
mais difíceis as habilidades,
por aprender com as dores,
e ser por tantas vezes nelas reformulada.
Agradeço pelas maravilhosas dádivas,
pela felicidade de cada dia,
pela barulhenta família,
pelos amigos do coração.
Agradeço por lembrar-me de todos os dias agradecer,
pela gratidão de poder ser,
pela gratidão de ainda aqui estar.
Agradeço e não cesso com isso,
trazer a memória tais coisas,
nos faz a vida valorizar.
Agradeço.


terça-feira, 25 de junho de 2013

Relaxa...

De tudo sempre o melhor. 
As coisas são para que tudo enfim seja... 
Relaxa e crê!


domingo, 23 de junho de 2013

Ouça e creia.

Ouça e creia.
Ninguém precisa crer.
Só você.
É a sua vida!


Sem palavras.

Sem palavras.
Só silêncio.
Pausa.
Pensamentos.
Domínio próprio.
Um desejo pelo bem.
Um suspiro pela dor.
Uma oração de esquecimento.


quinta-feira, 20 de junho de 2013

Faça por você!

O medo é a fé no mal. A fé no que pode dar errado. 

É a expectativa de infelicidade possível. 

O espírito do medo é uma porta aberta para todos os males. 

De não ter... não ser, não conseguir, não vencer...

Para ser feliz há de se ter uma boa dose de coragem.

Coragem de se ver e mudar o que é necessário. 

Pois todas as mudanças são de dentro para fora.

Tudo começa internamente.

Devemos escolher mudar o que não funciona... 

Abandonar o que nos faz mal.

Tomar uma decisão por nós mesmos, 

pois se não fizermos, tudo permanecerá igual. 

Para sempre.

Coragem! Coragem! Coragem!

A felicidade é simples.



domingo, 16 de junho de 2013

Renove sua mente

Discipline seus pensamentos.
Você pode escolher os pensamentos 
aos quais deseja valorizar.
Eles trarão força, positividade, fé, 
eles trarão mudanças nas suas atitudes, 
no seu viver.
Eles produzirão resultados...
Creia. Pensamentos mudam a vida.
Eles viram coisas.
Renovam palavras e atos.
Renove sua mente!


terça-feira, 11 de junho de 2013

Dançar...

Quero dançar no ritmo da vida.
Quero dançar o carioquês das ruas.
Sons, estampidos, gritaria, 
buzinas, sorrisos, ambulantes...
E vento...
Ah o vento do Rio!
O sol!
As moças e os rapazes tão coloridos.
Tão espertos... tão queridos!
Ah... 
Quero dançar esse misto musical 
que faz o momento tão especial.
Quero balançar meu corpo ao som 
que só eu ouço.
E o leve tecido me veste,
de acordo com o que a pele pede... 
De acordo com o acordo que tenho comigo 
e com a música que danço... 
Com meu tempo, meu ritmo,
às vezes sem ele, 
mas danço...
Ah como danço... e danço até só!
Melhor só do que a vida em nó!
Ah...
Deixa ventar, deixa musicar a caminhada,
a passada que se dá!
Só quero dançar!




Felicidade: Uma Escolha

A felicidade é uma escolha.
É escolher olhar com olhos bons tudo e todos.
Admirar os sorrisos.
Ouvir as histórias.
Sentir a brisa.
Ver o cachorro latir...
A felicidade é uma escolha diária.
De alimentar a mente e o coração com as melhores coisas.
Os melhores pensamentos.
Eles trazem esperança, ideias, coragem.
Ser feliz é ser todo.
É acreditar até o fim.
Se olhar, se amar,
se ver como é, 
aceitar 
e mudar tudo quando assim for o melhor.
Ser feliz é coisa de quem decidiu amar o presente,
entendeu que o passado já foi e o futuro é somente um vislumbre.
Agora o hoje... o hoje é tudo que precisamos para viver.
A felicidade é uma boa escolha.


domingo, 9 de junho de 2013

Eu creio - 1.

Eu creio sim que todas as coisas cooperam 
para o bem daqueles que amam a Deus.
Porque amar a alguém que não se vê não é nada fácil.
As pessoas não amam nem quem elas vêm... 
As pessoas amam tanto a si que não ouvem mais as outras,
ficam sorrindo, balançando a cabeça e 
pensando em outras coisas...
Elas não ouvem mais, não se importam,
se alguém está precisando de ajuda elas fotografam 
e postam fotos...
Elas estão ao seu lado e distantes.
Preferem postar que viver.
Preferem sonhar com o que não têm 
do que agradecer o que têm,
do que alegrarem-se com tamanhas coisas 
que acontecem no dia a dia.
Eu creio que cada dia,
cada coisa,
cada pensamento,
tudo conspira,
tudo revela,
são sinais,
a vida vai sendo desenhada 
e lá na frente entenderemos. Tudo.
Ou quase...
Entenderemos porque as coisas sucederam 
dessa ou daquela forma.
Eu creio que o interior é a joia.
É o medidor do valor que realmente temos.
As atitudes são as provas do que somos
e pensamos.
As atitudes nos revelam ao mundo 
e não podem camuflar nosso eu.
Somos como pensamos mas somente 
quando agimos como pensamos que somos...

Ah... eu creio.
Eu creio no bem.





terça-feira, 4 de junho de 2013

Entre...

Entre as coisas mais gostosas da vida estão o abraço sincero e apertado, o sorriso voluntário, o beijo cheio de carinho e valor.
Entre as coisas mais valiosas estão a sinceridade, a lealdade e o amor.
Entre as coisas prazerosas estão a reciprocidade, o ouvir a verdade e viver todos os dias assim... enfim, cura qualquer dor.


domingo, 2 de junho de 2013

Isso é pessoal.

Isso é pessoal.
Poesia é um bem.
As palavras também.
Às vezes não as palavras faladas,
mas sim as palavras escritas.
Claro, elas não dizem tudo.
O sentir é mais profundo.
Às vezes elas contornam os fatos,
não entregam os alvos,
mas de qualquer forma revelam,
um pouco de si,
das suas ricas alegrias ou tristes mazelas.
Isso é o bem que arte faz.
Arte de viver por todos os cantos de si.
Pelos olhos que podem ler,
pelo coração que pode dizer,
pela mente que pode voar,
pelo paladar que pode aquecer,
pelo tato que pode conhecer 
e com as mãos escrever o viajar.
O viver.

Isso é pessoal.

Isso é alma.



Decidi.

Decidi.
Acabou.
Eu sei de tudo que é necessário ao momento saber.
Eu vejo tudo que necessito ver.
Eu sinto tudo que dito não é.
Ninguém precisa falar.
Os céus revelam,
ninguém precisa contar.
Decidi: Já vou.
Resolvi mudar.
Meu caminho vou seguir.
Afora vou continuar feliz,
com um sorriso a dar.
Preciso dizer,
tudo foi feito pra você...
mas você não está.
[E os céus farão o que hão de fazer,
que os destinos se cumpram,
nada mais a dizer.]
Viver.



Vejo.

Vejo a tua alma nua diante de mim.
Vejo nos teus olhos as intenções,
nas tuas palavras as distrações,
no teu agir te vejo tanto... 
Não há espanto pra mim.
Sem nenhuma palavra sua sei,
sei tudo que de ti preciso saber,
pelos céus sei,
sei aquilo que ninguém pode ver.
Às vezes é dolorido enxergar coisas que no fundo mal fazem,
às vezes é estranho ver um outro alguém,
mas porque sei?
Não sei...
Até sei, mas ainda pergunto.
Vejo com olhos profundos revelados pela alma 
que para mim submersa no silêncio está,
mas fala.
E como fala.
Vejo tudo,
e agora calo.



Amor escondido...

Amor escondido não é amor bom,
é amor-dor,
feito de prisão.
Amor que não se pode viver é castigo,
é doença pro coração...





Dinheiro, alguém, ninguém...

Dinheiro é o amor e amigo de muitos.
Ele qualifica as pessoas para essas pessoas que tanto o amam.

O dinheiro é o papel que compra,
tanto compra que até pessoas o tal papel compra.

Compra até o amor das tolas pessoas.

Em pensar que dinheiro não consegue curar as doenças,
paga-se tratamentos tão caros 
e vão-se embora mortos em sacos...

Em pensar que dinheiro não traz paz,
se não houver harmonia a paz o dinheiro não traz...

Em pensar que trabalha-se tanto para tê-lo,
perde-se dias e noites inteiros dedicados a tal.
Em pensar que muitos ganham o tão desejado 
e nem o direito de aproveitá-lo conseguem ter... 
o tempo para aproveitá-lo não têm.

Em pensar que tantas pessoas o utilizam 
para ser medidor do amor
e das qualidades dos tantos "alguéns"...

Em pensar que tal papel revela o que somos,
a quem valorizamos 
e o que verdadeiramente nos interessa em alguém.

Não existem barreiras no valor... 
existem barreiras no amor.
Quando o amor grande é,
o valor do papel que se tem não impede o viver,
quando o amor real é,
 o dinheiro não é separador,
não faz de você um "zé ninguém."

Verdadeiros amores não têm cor de papel,
mas até de flores têm,
de cores, 
de bem,
do sol do trabalho,
do sonho junto e separado,
da construção de um viver.

Verdadeiros amores têm a marca das atitudes,
das promessas eles não têm...

O verdadeiro amor é o valor mais alto
na conta da vida que alguém pode ter.
Não é medido por cifrões esse tal,
e se é, não é verdadeiro amor de ninguém.






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...