domingo, 29 de setembro de 2013

Certeza.

Instabilidade às vezes tenta invadir.
Morar.
Ecoar.
Certo é que a certeza 
é a fé necessária para seguir.
Creio eu, 
menina,
pequena,]
 nessa grande esfera de guerras constantes,
incessantes,
creio eu,
andante,
que o que há de vir virá,
e como o Grande Sábio disse,
não tardará,
nada pode impedir.

O que há de ser tem muita força.


Postar um comentário