Postagem em destaque

Peteleco.

Ando tão sensível que um peteleco faz um furo. Deus me livre dos petelecos. Deus me livre dos furos.

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Sobre a vida

A vida me escreve com sorrisos, lágrimas, amores, dores, sonhos, sustos.
A vida me escreve no coração dos outros.
A vida me afasta.
A vida me aproxima.
A vida se vai e vem forte.
A morte espera.
Sem depender de mim essa sorte.

A vida não está em minhas mãos,
Mas derrama-se em minh'alma.
De todos os lados.
Até no silêncio que me abraça.
Até no olhar cativante de um idoso cheio de histórias pra contar que ninguém quer ouvir.
A vida se apresentar com um latir.
Com um tapa forte.
Um abraço apertado.
Um abraço não dado.

A vida vem
Se esvai.
Se vai.
Se vem.

A vida é mágica sem solução.
Mistérios à luz do dia.
Voz que grita suave.
Mudez que comunica.

A vida é duo constante.
É instante.
É eterno.

A vida é prosa.
É verso.
É vazio.
É fluxo.
É presença na ausência.
É amor.
É flor.
Grandeza.
Sono.
E sono eterno.

A vida é sopro que vai e vem a cada dia.
É história.
É memória.
É casa interna.
É pra frente.
É o que não volta.




Ela

A moça grande está pronta pra viver uma coisa nova.
Ela saiu do casulo com calma.
Olhou tudo em volta.
Pensou alto dentro do peito.
Amou a sensação de ser feita dessa liberdade que ninguém enxerga.
A moça grande pensou consigo.
Sorriu profundo.
Amou bonito.


Barreiras internas

às vezes a gente tem um pequeno medo que paralisa o crescimento da nossa vida em algumas áreas.
eu sei.
assim como o dia é dia,
a vida deixa suas marcas.
e às vezes,
algumas vezes elas atrapalham.

(para que você vá adiante, é necessário vencer a si mesmo. quebrar suas próprias barreiras primeiro.)


Nós

Em algum lugar.
Cheio de amor e paz está.
Aquele coração que acreditou que poderia.
Viver tudo que dentro dele havia.
Sim.
Em algum lugar bem mais perto que se vê.
Existe uma pessoa linda.
Alguém que resolveu abraçar.
Todas as possibilidades de ser.
E viver aquilo que tem em suas mãos.
Da melhor forma que puder.
Sim.
Em algum lugar que quase ninguém vê.
Tem eu.
Tem você.