terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Luzes de lá

Tenho um céu estrelado no meu peito.
Um céu cheio de brilho e luz.
Uma coisa infinita que ressoa o som da vida, sem silêncio algum.


Eu tenho um céu estrelado na cabeça, como se fosse o teto que olho quando vou deitar.
Eu brilho em luzes dentro e tem que ser de outro mundo para enxergar.


Quem vive na luz pode ver... quem vive na escuridão quer tirar as luzes de lá.
.
.
.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...