Interno.

E na boca calada, 
a alma fala... sem parar!


Postar um comentário

Postagens mais visitadas