domingo, 26 de julho de 2015

Minha grama

A grama do vizinho não a mais verde.
É a nossa.

E se regarmos será ainda mais verdinha.

Mais feliz.

Do jeito que pudermos cultivar.

Do jeito que pudermos amar.


Postar um comentário