Ia

E na carona da bicicleta na chuva andava.

Ela sorria.

Pro céu que respingava olhava.

Somente sorria.

Na chuva ia.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas