terça-feira, 16 de agosto de 2011

Essa gente linda merece parabéns!

Sol, sol, sol...

Debaixo daquela cor prateada ou dourada lá eles estão.

Vi esse rapaz hoje em Duque de Caxias no Calçadão da José de Alvarenga e fiquei a observá-lo.
Marcos Costa - 30 anos

Uma moeda caía em seu pote e ele se mexia, mandava um beijo, dava um sorriso e assim passava seu dia. Mais um dia em seu trabalho.

Parei para falar-lhe e perguntei se era ator, ele respondeu-me que não, mas que estava atuando ali.

Preparamo-nos em escolas para fazer os papéis que nossa profissão nos propõe, mas aquele ali estava preparado pela necessidade para fazer aquele papel.

Simples?


Parado?

Pode ser que sim, o grau de dificuldade não pode ser medido por isso.

A medida está na necessidade. Na busca. Na coragem e disposição.

Caracterizar-se e pôr-se na rua.
Dar a cara a tapa.

Por uma moeda?
NÃO! Por sua dignidade. E só.

A vida ensina.
Profissionaliza.

Parabéns querido Marcos Costa!!

Sucesso aos artistas de rua, aos artistas da vida!

Tem que ter o sangue quente, a coragem latente e a esperança no coração.

Viver é estar à mostra!
Postar um comentário