domingo, 3 de março de 2013

Gratidão


Hoje eu pensei na gratidão que tenho pela vida. 
Cada momento dela...
No milagre que é nascer.
No milagre que é amanhecer, 
cada dia, 
cada suspiro, 
cada pensamento, 
cada pessoa que ganhei,
 cada conversa que tenho... 
toda a possibilidade que nunca finda.

Hoje sei o quanto somos especiais, 
únicos e importantes.
Sei que podemos sempre ser melhores do que somos, 
amar mais, 
expressar mais e sair da teoria, 
sair do texto e compartilhar na vida, 
de verdade. 
As pessoas perdem tempo por quererem parecer legais,
ao invés de serem legais.
Perdem tempo em desejarem mostrar que são boas
e amantes de Deus,
ao invés de praticarem as boas palavras que divulgam.
Perdem tempo em falarem do que desejam,
ao invés de de acordarem e irem em frente,
na direção do que esperam um dia ter.
Perdem tempo dizendo que querem amar,
mas não demonstram amor o que têm.

Parar de contar a história e viver a história.
Olho no olho. Na vida que é real.

Dizer que ama quem realmente ama.
Abraçar, segurar a mão, elogiar e 
reconhecer quem merece ser reconhecido, 
viver o que deve ser vivido. 

O hoje. 
O hoje é a única coisa 
que realmente existe.

Hoje anoiteci com a alma entregue ao Obrigada.
As palavras ecoam como orações 
em meu interior pela vida, 
a real vida, 
aquela que virtualmente estão perdendo...
E que está acontecendo. 
Agora.



Postar um comentário