quarta-feira, 8 de maio de 2013

Vai, corre.


Vai, corre, não tenha medo.
O tempo voa... foge.
Ele não para, não espera.
Ele entendeu o sentido do seu próprio tempo.
E não o perde.
Vai, não para, 
mesmo quando você para,
ele segue.
O tempo.
E não espera.


Postar um comentário