Postagem em destaque

Peteleco.

Ando tão sensível que um peteleco faz um furo. Deus me livre dos petelecos. Deus me livre dos furos.

sábado, 12 de março de 2016

Normalidade

Quem dita a minha moda? 

Quem surfa na minha onda?


Quem estabelece as cores que visto?


Quem pode escolher o que somente eu posso gostar?


A normalidade é praticar o que se é!


Quem fixou o meu tempo nos meus números?

Minha é a eternidade...

Vivo na plenitude... na totalidade da entrega... na cadência, na regência do ser.



Postar um comentário