Normalidade

Quem dita a minha moda? 

Quem surfa na minha onda?


Quem estabelece as cores que visto?


Quem pode escolher o que somente eu posso gostar?


A normalidade é praticar o que se é!


Quem fixou o meu tempo nos meus números?

Minha é a eternidade...

Vivo na plenitude... na totalidade da entrega... na cadência, na regência do ser.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas