terça-feira, 26 de maio de 2015

Bem lá no fundo.
Lá, bem fundo.
Existem aqueles desejos perfeitos. Aqueles pensamentos simples que respondem as perguntas que tornamos complexas porque não aceitamos a simplicidade da nossa própria felicidade.
Bem lá no fundo está somente o necessário.
E para que mais?
Não precisa.
O necessário basta.
Já é felicidade perfeita de sobra.

Acredite no seu interior.


Postar um comentário