domingo, 17 de maio de 2015

Se é que você me entende...

Algumas pessoas precisam sair de nossas vidas.
Precisam dar o fora.
Há situações que devem ser terminadas.
Isso muda o rumo de todo o resto.
Alguns caminhos são cheios de trevas,
estradas obscuras,
resultados negativos,
sentimentos destrutivos.
Esses caminhos são sentidos na alma e devem ser mudados.

Caminhos que são aprendidos não precisam novamente serem trilhados.

Vá embora quando tiver que ir.
Diga não. Pode ser uma grande libertação.

Siga as regras da sua alma.
Esqueça o social.

No fim das contas, somos nós que pagamos as contas.

Se é que você me entende...
Postar um comentário