domingo, 28 de abril de 2013

Quero ouvir.

Quero ouvir meu silêncio.
Quero o meu calar.
Minha voz interna me fala coisas 
que já sei mas preciso ouvir,
assim,
no silêncio de mim.

Quero sair do caos.
Quero esquecer o banal.
Quero afastar as coisas e pessoas assim,
sem palavras enfim.

Quero centralizar,
energias,
pensamentos,
ações.

Quero sair dessa risada social,
dessa vergonhosa mentira ao qual tentam me enquadrar.
Não sou dali.
Não sou de lá.
Quero resignar-me a mim.
E viver-me assim,
como sou.

Então aprumarei as posições,
cada qual em seu lugar...
Vazio, silêncio cheio de vida e sons.
Deserto cheio de cântaros refrescantes.
Quero ouvir meu silêncio,
assumir cada vez mais minhas verdades 
e sair desse mundo igual.


Postar um comentário