Meu presente.

Ela disse:
- Vou te dar um presente.
Eu falei:
- O que?
Ela disse:
- Depois te dou...
Desliguei depois das risadas e todo papo em dia.
Quando dirigi-me ao banheiro,
ainda pelo corredor da iluminada casa, 
meu espírito falou.
Disse-me qual presente será.
Sim,
existe algo assim.
Tão livre de mim,
que tem voz e me diz sem que eu possa explicar...
Uns dizem intuição,
outros pressentimento,
alguns dizem Deus,
outros dizem Espírito...
Mas sim.
Ele diz.
Agora vou receber: meu presente ainda ausente de mim.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas