Cure-se

Eu preciso mesmo é me curar. A cura vem de dentro. Quando se guarda muitas coisas chega um tempo que não há mais espaço para nada. Uma coisa aprendemos com o tempo, com o corpo e com a alma: palavras precisam ser ditas; mágoas precisam ser apagadas; pessoas precisam muitas vezes ser esquecidas; dores precisam ser curadas; pessoas precisam ser honestas consigo mesmas para que sua saúde interna seja equilibrada. Sim, nada vale a perna se destrói, fere ou adoenta a alma. Uma alma triste, causa tristezas aos órgãos internos, doenças, males... Sim o que há dentro muda o que há fora. Portanto cure-se! Diga o que tem que ser dito. Assuma o que sente, o que pensa, mude costumes, retire, expulse, transforme. Chega um tempo que o tempo não espera mais. Chega um tempo que não pode aparentar e sim tem que optar por aquilo que realmente faz bem. E o que faz mal, tem que sair, para o bem assim fluir. Para sua saúde. Para saúde. Cure-se.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas