domingo, 4 de março de 2012

Seja o mais simples que puder...

Seja o mais simples que puder,
seja você.


Vista-se como realmente quer,
deixe fluir.

Olhe-se e veja o que realmente é, 
onde deseja ir.


Seja o mais simples que puder,
a simplicidade é uma nobreza.

Veja seus detalhes,
suas cores,
seus valores.


Ande no seu caminho e seja!


Ame inteiramente,
abrace,
fale...
ande de tênis surrado quando quiser.


Cante desafinado ou afinado,
repita o filme que te marcou dez vezes,
gaste um pouco no telefone pra falar com quem quer.
Ande um pouco a pé.

Seja o mais simples que puder.
Seja amável e dê bom dia a quem vir,
caminhe,
caminhe...


Olhe-se e veja o que gostaria de ver,
seja o que você admira,
seja o que diz ser,
não seja teoria.
É simples se deixar levar por você.

Deixe-se fluir,
deixe ser feliz,
seja todo o interessante ser que vive em ti.


Seja o mais simples que puder,
a simplicidade é riqueza,
é beleza,
é o melhor que se pode ter,
e ser.

Admire-se e valorize-se com tudo o que te faz feliz,
recheie-se de si,
dos seus gostos,
dos seus sonhos,
da sua fé.


Permita-se ecoar ao mundo,
permita-se vibrar sua real forma,
emane seu espírito através do seu agir.
Seja você.



 Seja o mais simples que puder. 



Postar um comentário