sábado, 28 de julho de 2012

Vamos?

Eu não sei como sucede, mas sucede.
Não sei como as curvas são formadas na estrada da vida,
mas são formadas.
Sinais vão sendo dados na estrada.
Nosso pensar é um dos importantes condutores nessa viagem.

Sim.
O que cremos tem poder em construir ações.
A fé,
a convicção,
a certeza que nasce da fonte interna e diz-nos com audível voz o que virá,
o que poderá acontecer,
materializar,
se crermos nela.

Tal voz,
tal certeza é contrária aos fatos visíveis.
Diz-nos coisas que aos olhos humanos parecem impossíveis.
Diz-nos que é realizável,
afirma que podemos,
que somos potencialmente capazes,
e oferece-nos a opção de tomarmos para nós a verdade interna 
e manisfetá-la externamente.


Muitas vezes tal direção é negligenciada...
Triste, mas muitas vezes a negativa é a escolha.
Mas dado o fato de que somos seres espirituais, 
imateriais, enérgicos...
habitantes de corpos carnais.

Porque não aceitarmos as direções impressas em nossa alma?

Nosso ser interno sabe onde queremos chegar,
o que nos faz bem,
quem queremos por perto,
quais são nossos maiores desejos,
e nos direciona... 

E aí? Vamos?
Postar um comentário