segunda-feira, 15 de outubro de 2012

?

Se não podes ser, 
então porque tens?

Se te fazes distante, 
porque te aproximas?

Se não podes sair de ti, 
porque dais sinal de vida?





Postar um comentário