segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Calorosidade...

Nossa boca tem a calorosidade 
que não se pode explicar...

Boca, beijo, somos o coração a pulsar...

Inspirar...
Expirar...
Calorosidade.
Não somos metade,
Somos mais... Somos tais...





Postar um comentário