Postagem em destaque

Peteleco.

Ando tão sensível que um peteleco faz um furo. Deus me livre dos petelecos. Deus me livre dos furos.

sábado, 13 de outubro de 2012

Pulsa no pulso...


O coração não tem tempo.
Não tem forma.
Ele bate descompassado, esperançoso, ansioso.
O coração só tem querer, sentir, amar.
Sofre o medo de se dar e de não se dar.
Vive de ser entregue, sua natureza é assim.

O coração não tem cronologismos reais,
é feito de marcos históricos,
momentos eternizados em palpitações.

Ele ama quem o ama, quem não o ama, 
simplesmente ama o fato de amar.
O coração não é nosso,
é cativo do amor.
Ele pulsa no pulso...


Postar um comentário