sexta-feira, 18 de maio de 2012

...da observância...

Pare um pouco e observe.
Somente observe.
Não fale.
Escute.
Veja.


Veja como as coisas são,
como realmente são...
...como as pessoas fluem,
ouça as palavras,
as risadas...
perceba os olhares,
as linguagens.
As pessoas não são o que dizem,
são o que fazem...
São o que demosntram...
São o que expressam.
Pare um pouco e observe.
Esqueça o que quer dizer,
esqueça o que quer viver...
E veja!
Seus rumos podem mudar,
suas atitudes podem ser transformadas,
pelo simples fato da observância...
Tudo dependerá do alcance do seu olhar.
Tudo dependerá da capacidade de suportar o que se vê...
A verdade do que realmente é.
E novamente pare e observe.
O agir refletirá como espelho... 
não a imagem que querem oferecer, 
não a interpretação... 
a adaptação...
mas o que comprovamos ser...
Seja o que for.
A nossa atitude vai dizer.
Tenha coragem e observe!






Postar um comentário