quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Sem título


Quando ele a avistou, seu olhar sorriu,
seu coração forte bateu... palpitante.
Quando ele a ouviu... pôde perceber seus doces sons.
Quando o coração pediu: ele disse sim.
Pintou desejos, sonhos...
Os rumos são dados por quem dirige a história.
Não há domínio perfeito.
sendo assim tudo começa e termina na hora certa...
cada sorriso e cada lágrima,
cada sim e cada não...
Ele a viu, ela o ouviu.


Postar um comentário