sábado, 15 de dezembro de 2012

Uma vida inteira.

Uma vida inteira pela frente é o que tem-se.
Uma vida inteira.
O tempo não existe... um dia é uma vida.
Um dia é uma história contínua.
Um dia é um mundo,
um segundo é um dia.
Um fragmento.
Um momento glorifica uma vida.
A medida não existe.
Não existe a tal fórmula.
Rotular minimiza.
Uma vida inteira de novo,
do novo...
A história da vida não tem rugas,
é sempre nova a menina,
conta-nos de outros,
mas o que temos?
Uma vida inteira pela frente temos...
Sem determinação de tempo
sem tempo finito...


Postar um comentário